Blume-zoof, O Hospital de Brinquedos

São muitos os questionamentos que a peça infanto-juvenil Blume-zoof, O Hospital de Brinquedos pode causar tanto na criança quanto no adulto. O resgate do passado, a conservação dos objetos e a importância do conserto são alguns deles.

Com reestreia no Centro Cultural São Paulo, o espetáculo foi inspirado na obra Reflexões sobre a criança, o brinquedo e a educação do filósofo alemão Walter Benjamin. Situações cotidianas como as de crianças que têm medo de médicos e, consequentemente, de hospitais são retratadas quando uma menina hesita em obter cuidados para o seu amado urso de pelúcia.

Dirigido por Milton Morales Filho, o espetáculo do Grupo de Teatro da Gioconda conta com Leandro Madeiros, Joice Jane Teixeira, Isabel Rodolfo e Danilo Mora no elenco.

De acordo com Morales Filho, o acervo de brinquedos usados em cena começou a crescer para ser usado em uma outra produção para adultos, em 2008. “Fiquei quase dois anos procurando brinquedos antigos, pois a peça fala das memórias da infância. Parte desses brinquedos estão no hospital, porém os mais antigos não são utilizados no Blume-zoof, pois há muita manipulação dos objetos e quero preservá-los”, afirmou.

Leandro Madeiros e Joice Jane Teixeira em cena (Foto: Divulgação – CCSP)

Por quê Blume-zoof?

Blume-zoof é citado por Benjamin no ensaio Rua Blumeshof, 12*, onde era o endereço de sua avó materna, cuja pronúncia é “Blumezoof”. Nele, o filósofo destaca, entre outras situações, uma noite de Natal e a expectativa para abrir os presentes destinados a ele, ou seja, os brinquedos.
E foi esse o nome dado ao hospital, o qual é comandado por um casal experiente quando o assunto é conserto.

Serviço:
Blume-zoof, O Hospital de Brinquedos

Em cartaz até o dia 30 de janeiro de 2011, aos sábados, domingos e feriados, às 16h. (55 min, 4 anos)
Onde? Centro Cultural São Paulo – Sala Paulo Emílio Salles Gomes (100 lugares) – Rua Vergueiro, 1000, São Paulo, SP.
Ingressos: R$ 15,00 – preço popular (retirada de apenas um ingresso por pessoa): dia 15/1 (R$2,55)
Espetáculos gratuitos agendados: dias 19 e 26/1 – quartas, às 14h30 – agendamento pelo e-mail: visitasccsp@prefeitura.sp.gov.br

Mais informações sobre o Grupo de Teatro da Gioconda.

*BENJAMIN, Walter. Rua de mão única: obras escolhidas v. II. 5. ed. São Paulo: Brasiliense, 1995, páginas 95, 96, 97 e 98.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *