Bem-vindos à casa das bonecas

Ao longo de cinco décadas a Barbie se adaptou aos padrões de beleza e teve cortes de cabelo, guarda-roupa e modelagem do corpo alterados

O produtor de eventos Carlos Keffer, 42 anos, possui 750  bonecas da família Barbie, com os trajes, penteado e acessórios originais. O colecionador afirma que é raro comprar acessórios, mas que não resistiu no caso da linha Barbie Basics: “Os acessórios dessa linha são maravilhosos”, destacou.

Carlos Keffer na exposição “Museu Encantado Barbie”, no shopping Cidade Jardim, que celebrou os 50 anos da boneca em 2009 (Foto: Divulgação)

Linha Barbie Basics (Foto: Divulgação)

Keffer passou a colecionar Barbies há 15 anos e se tornou o maior do Brasil. Atualmente, coordena a Exposição Itinerante “Black Barbie, Celebração da Beleza Negra” (2010/2011), que conta com 85 bonecas e 13 imagens do fotógrafo Ricardo Schetty. “Desde 1968 são lançadas versões negras de personagens da família Barbie, e em 1980 da própria Barbie. Desde então, muitas bonecas afrodescendentes foram sendo lançadas nas linhas play-line* e de coleção. O evento tem sido um sucesso, com repercussão positiva junto à comunidade negra”, informou.

Linha Black Barbie (Foto: Divulgação)

Entre as muitas celebridades incorporadas como Diana Ross, Debbie Harry ou Deborah Harry (Blondie), Cyndi Lauper, Joan Jett, Barbra Streisand, Brandy, Beyoncé, Olivia Newton-John, Cher, Judy Garland, entre outras, o colecionador se recorda de apenas uma homenagem a uma personalidade brasileira: “Existe uma Barbie da série I Love Lucy, que presta tributo a um episódio do seriado em que Lucille Ball se fantasia de Carmen Miranda. É somente uma referência, mas está ali o turbante clássico com frutas, o sapato de plataforma e as pulseiras.”

Cyndi Lauper Barbie Doll (Foto: Divulgação)

Uma das polêmicas

Em 1988, a Barbie e o Ken aparecem deitados, em cama de casal, fazendo amor na capa do disco “Toda Forma de Amor”, do Lulu Santos, mas devido a ordem judicial a capa do álbum teve de ser alterada.
Na opinião do colecionador a censura agiu corretamente, pois a Barbie é uma boneca destinada ao público infantil e, mesmo tendo se tornado um ícone da cultura pop, existe um cuidado em preservar a imagem. “A detentora da marca tem todo o direito de protegê-la, principalmente se a imagem está em um produto comercializável, como um disco”, exemplificou.

*Play-line: bonecas vendidas em lojas de brinquedos, para crianças do mundo todo.

Curiosidades sobre a boneca Barbie:

• O nome completo de Barbie é Barbie Millicent Roberts. Seus pais se chamam George e Margaret Roberts. Barbie nasceu na cidade de Willows, no Estado de Wisconsin, nos Estados Unidos.
• Barbie teve seis irmãos em toda sua vida: Skipper (1964), Tutti (1966), Todd (1966), Stacie (1992), Kelly (1995) e Krissy (1999).
• A primeira Barbie tinha maiô zebrado e foi inspirada em Grace Kelly. O colecionador Carlos Keffer vendeu seu carro para comprá-la.
• Barbie chegou pela primeira vez na Inglaterra em 1961, na França em 1963 e na Itália em 1964. No Brasil, chegou em 1982.
• A primeira amiga negra da Barbie foi Christie, em 1968.
• Em 1997, foi lançada Becky, a primeira amiga paraplégica da Barbie.
• Em 1976, durante as comemorações do bicentenário da independência dos Estados Unidos, algumas bonecas Barbie foram lacradas em uma cápsula do tempo, a serem abertas em 2076.
• Em 1985, o consagrado artista pop Andy Warhol criou uma pintura especial para homenagear a Barbie.
• A criadora da Barbie, Ruth Handler, nasceu em 1916 e veio a falecer em 2002, aos 85 anos.
• Barbie já teve 43 animais de estimação, incluindo 21 cachorros, 12 cavalos, 3 pôneis, 6 gatos, um chipanzé, um panda, uma girafa e uma zebra.
• Estima-se que existam 100.000 colecionadores de Barbie no mundo. No Brasil são cerca de 800 colecionadores.
• A primeira Convenção de Colecionadores da Barbie ocorreu em 1982, em Nova York, e reuniu 200 colecionadores. No Brasil, a primeira Convenção foi em 2004 e também reuniu 200 colecionadores.
• Em média, são lançadas 70 bonecas Barbie de coleção por ano.

Fonte: iGirl

Para mais informações sobre o universo Barbie:
www.barbie.com.br e www.museuencantado.com.br

Comments
  1. cristina | Responder
  2. Amanda | Responder
  3. simone | Responder

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *